ZONA LIVRE


ONE NIGHT IN ONE CITY, DE JAN BALEJ
março 4, 2010, 5:00 pm
Filed under: Filmes em exibição, Zona Livre | Tags: , ,

70min, 2007, cor, 35mm (exibição em DVD)

12/02, 20h, Sala 01
13/02, 18h, Sala 01

“Há muitas formas de retratar a sociedade contemporânea e suas excentricidades. A escolhida pelo diretor Jan Balej talvez não tenha sido a mais fácil e rápida de se fazer, mas com certeza leva a algo completamente novo. Esta animação em stop motion apresenta personagens bizarros que dividem o mesmo prédio, criando sketches em que todas as situações se passam na mesma noite. Um projeto da República Tcheca que demorou dez anos para ser finalizado e que traz uma visão única de mundo graças a uma direção de arte incrível” – Davi Pretto e Bruno Carboni, curadores da Zona Livre

O que de mais inusitado pode acontecer em uma sombria cidade em uma noite? É isto que você irá descobrir com a animação em stop motion One Night in One City, do diretor Jan Balej, um dos maiores nomes da animação na República Tcheca. O filme chega à tela de cinema do Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro no próximo dia 12, às 20h, na Zona Livre – Mostra Internacional de Cinema, realização do CCBB e do CineEsquemaNovo – Festival de Cinema de Porto Alegre (CEN). Outra sessão acontece dia 13, às 18h.


Entre outros acontecimentos, você irá encontrar uma esquisita criatura que costura orelhas alheias em sua própria cabeça, acompanhará a estranha amizade entre uma velha árvore de maçã e um peixe que assume inúmeras formas de acordo com as estações do ano e conhecerá ainda alguém que avista fantasmas se distraindo em cafeterias. Mas isso não é nada: nas escuras ruas de Praga, tudo é possível. Ter fetiche com pavões ou possuir um burro de estimação é rotina, e ser viciado num mix de cocaína com formigas é normal. Até um gênio realizar todos os seus pedidos não é nada assim tão difícil – pelo menos, na mente criativa de Balej. Uma composição de episódios negros e parábolas surreais, One Night in One City é um filme para adultos, que trata de temas como fobias, medos, fantasias e solidão, sem a utilização de diálogos e com muito de humor negro.

Os 70 minutos de duração de One Night in One City levaram seis anos para ser filmados e quase uma década para alcançar o lançamento oficial, em 2007. A produção contou com o maior subsídio dado pelo governo local a uma animação até então, em 1998, valor que pagou um sétimo do gasto total da produção. Um investimento que valeu a pena: o filme foi elogiado tanto pela excelência técnica quanto por possuir um acurado ponto de vista da contemporaneidade. Por conta disso, participou de diversos festivais mundo afora e faturou uma mão de prêmios – entre eles, o Golden Reel do Festival de Cinema de Tiburon, nos EUA, o Czech Lion e ainda o Grand Prix de Lisboa em 2007.

Como em time que está ganhando não se mexe, Balej manteve a parceria com o roteirista Ivan Arsenjev para seu próximo filme: uma adaptação contemporânea da famosa A Pequena Sereia, de Hans Christian Andersen, no qual vem trabalhando desde o ano passado. É impossível saber o que Andersen iria achar da sua adorável sereia representando uma deslocada imigrante em uma triste metrópole, mas não é muito arriscado apostar que a maioria irá aprovar. Uma coisa é certa: o governo da República Tcheca confia no talento do diretor e o novo projeto volta a receber o maior subsídio dado a uma animação até hoje pelo país do Leste Europeu.
Andréa Azambuja

Jan Balej *1958

Diretor, arte designer, pedagogo

Membro da Academia Européia de Cinema e da Academia de Cinema e Televisão da República Tcheca

2009 – 2013 – “The Little Fishgirl” – animação baseada em The Little Mermaid, de H. C. Andersen

2008 – “Karlik and Magic Fish” – série de TV na República Tcheca

2007 – Diretor de um estúdio de animação e motion graphics da Academia de Artes, Arquitetura e Design de Praga

2006  “One Night in One City“

2006 – “Mr. Fin and Mr. Twig”

2006 – “Fimfarum 2” (junto com os diretores Vlasta Pospisilova,  Bretislav Pojar and Aurel Klimt) – seleção oficial do Festival de Berlim 2006; Prêmio máximo do Anifest Trebon 2006; o Czech Lion por melhor direção de arte; European Smiles 2006.

2003 – curta-metragem “Shells”

2000 – curta-metragem “One Night in One City” (roteiro deIvan Arsenjev)

2001 –  13 histórias de dormir para a TV Tcheca: “How does it goes at hippos“

1999-2000 – primeiras 13 histórias de do ciclo

1992-1994 “Tom Thumb“ – ganhador do  The Czech literal fund prize and audience prize no Festival Internacional de Cinema para Crianças de Zlín, Czech Republic

1988 se formou em UMPRUM, Academy of Arts, Architecture and Design in Prague – Estúdio de cinema e televisão gráfica

 

ONE NIGHT IN ONE CITY

Prêmios

  • Portugal – Grand Prix Mostra Lisboa 2007
  • República Tcheca – Anifest Třeboň – Melhor filme
  • EUA – Tiburon International Film Festival The Golden Reel – Melhor Animação
  • Espanha – Animabasauri Prêmio Especial do Júri
  • Romania – Animest – Melhor Animação

Equipe

Direção – Jan BALEJ
Produção – HAFAN film e MAUR film
Escrito por – Jan Balej e Ivan Arsenjev
Música – Tadeáš Věrčák
Som – Zbyněk Mader
Cinematografia – Miloslav Špála
Edição – Magda Sandersová



ZONA LIVRE 2010 – MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA


No contra fluxo do ritmo de Carnaval que se instaura na cidade, o Rio recebe em fevereiro uma mostra de cinema inédita, composta por um panorama de longas-metragens estrangeiros com pouca entrada no Brasil, mas que por outro lado possuem intensa circulação na web. Essa é uma das sugestões para o circuito off samba deste verão: a Zona Livre – Mostra Internacional de Cinema, que acontece entre os dias nove e 28 no CCBB Rio por iniciativa do CineEsquemaNovo – Festival de Cinema de Porto Alegre (CEN).

Confira aqui mesmo no blog o endereço e telefones de contato, a grade de programação e o catálogo completo da mostra para download, impressão ou leitura.

A programação conta com uma maioria de filmes inéditos no Brasil. Ao todo, a mostra traz para o Rio 19 títulos que circularam em festivais mundo afora, mas que terminaram por criar sua reputação e ganhar destaque num circuito paralelo: o da Internet, em fóruns e comunidades de cinema. À relevância de algumas obras, soma-se a saudável transposição desses ‘arquivos’, vindos das redes de cinéfilos na Internet, em ‘filmes’ exibidos em 35mm e DVD, autorizados por seus diretores, na consagrada experiência coletiva da sala de cinema.

Acesse imagens dos filmes em nosso canal no Flickr e assista trailers completos, de todos os filmes da mostra, no canal do festival no You Tube. A seguir, uma síntese da programação:

Intenso fluxo de informações, downloads, copyrights, copylefts e quebras de códigos de zonas de exibição habitam o emaranhado conceitual desta mostra, cujo objetivo é propor uma reflexão sobre a democratização e as vias paralelas da informação. Ao mesmo tempo, a Zona Livre também aborda o inevitável e permanente processo de troca de telas a que a imagem é submetida hoje em dia, neste caso do computador para a sala de cinema do CCBB-RJ.

Dentro desta idéia, alguns diretores com filmes presentes na Zona Livre participarão de debates online com o público do CCBB, via Skype: de diferentes partes do mundo, eles estarão em tempo real na sala de cinema conversando com os espectadores sobre suas obras. Por outro lado, o diretor norte-americano Cory McAbee estará no Rio de Janeiro pessoalmente, “offline”, para um debate com público na semana final da mostra.

A mostra Zona Livre surgiu em Porto Alegre, em outubro passado, dentro da programação internacional da edição 2009 do CineEsquemaNovo – Festival de Cinema de Porto Alegre. Na curadoria convidada pelos organizadores do festival para o projeto, dois jovens que representam a novíssima geração de produtores gaúchos plugados aos novos meios: Davi Pretto e Bruno Carboni, da Tokyo Filmes. A experiência bem-sucedida no sul, durante a sexta edição do CineEsquemaNovo, chega agora a outros centros com uma programação consistente para os cinéfilos de plantão em pleno fevereiro.

Todos os filmes da mostra receberão reportagens especiais aqui no blog. No catálogo, você confere mais informações sobre todos os títulos. Confira aqui a lista dos longas em exibição:

All About Lily Chou Chou, de Shunji Iwai (Japão)
>> inédito no Brasil

American Astronaut, de Cory McAbee (EUA)
>> inédito no Rio de Janeiro; exibido no Brasil apenas no CEN 2009

Black Night, de Olivier Smolders (Bélgica)
>> inédito no Brasil

Daytime Drinking, de Young-Seok Noh (Coréia do Sul)
>> inédito no Brasil

Ex-Drummer, de Koen Mortier (Bélgica)
>> inédito no Rio de Janeiro; exibido no Brasil apenas no CEN 2009

Glue, de Alexis dos Santos (Argentina / Reino Unido)
>> inédito no Rio de Janeiro

Good Dick, de Marianna Palka (EUA)
>> inédito no Brasil

Gozu, de Takashi Miike (Japão)
>> inédito no Rio

Hukkle, de György Pálfi (Hungria)

Hunger, de Steve McQueen (Reino Unido / Irlanda)
>> inédito no Rio e SP

Instrument, de Jem Cohen (EUA)
>> inédito no Rio

Man from Earth, de Richard Schenkman (EUA)

Moonlighting, de Jerzy Skolimowski (Reino Unido)
>> inédito no Rio

Nowhere, de Gregg Araki (EUA)

One night in one City, de Jan Balej (República Tcheca)

Sangre, de Amat Escalante (México)
>> inédito no Rio

Stingray Sam, de Cory McAbee (EUA)
>> inédito no Rio de Janeiro; exibido no Brasil apenas no CEN 2009

Taxidermia, de György Pálfi (Hungria)
>> inédito no Rio

Trash Humpers, de Harmony Korine (EUA)
>> inédito no Brasil